Aparecimento de algas nas águas do rio Arinos será investigado

O aparecimento de um material esverdeado, aparentando serem algas, (ou lodo) nas aguas do Rio Arinos em Porto dos Gaúchos tem preocupado a população e as autoridades.

É a primeira vez nos mais de 60 anos do município que se tem notícia deste tipo de ocorrência no Rio que abastece a cidade.

Vários questionamentos surgiram sobre o estranho fato, principalmente nas redes sociais, após a constatação do que vem ocorrendo, e surgiram notícias de que não é somente em Porto dos Gaúchos, que isso está ocorrendo.

Participando de questionamentos de internautas sobre o que estaria sendo feito pelo poder público no sentido de buscar soluções, a secretária da Sematur- Secretaria de Meio Ambiente e Turismo de Porto dos Gaúchos, Andyra Piovesan, esclareceu no grupo de WhatsApp Porto Notícias sobre os procedimentos que estão sendo adotados pelas autoridades competentes sobre o caso.

Vários internautas atribuem o fenômeno a uma possível poluição do rio, ocasionado com erosões que poderiam levar agrotóxicos aplicados nas lavouras para o leito do rio.

Andyra disse que sem uma análise completa ainda não dá pra se fala em crime ambiental ou se é um fenômeno natural, pois é preciso esperar as análises para saber as reais causas.

“A Sematur já mandou fazer a análise da água e das algas e comunicou a Sema Estadual e a Polícia Ambiental. Pelo que sabemos isso está acontecendo desde a nascente na Serra Azul, são 760-km de rio da nascente a foz no Juruena, então não é só em Porto dos Gaúchos.Acredito que o único município que tomou providencias até agora e o Porto e ainda esta semana a Sema estará na cidade”, explicou a secretária.

Andyra informou ainda que em conversa com autoridades de Tapurah, foi informada que a dias o fenômeno já estava acontecendo no município que também é banhado pelo rio Arinos.

“Dou minha palavra que vamos fazer de tudo pra saber a causa, pois o bem mais precioso que temos e o nosso rio, e assim que tivermos uma explicação vamos informar a todos.De início sabemos pela análise do DAE que o PH da agua do rio Arinos está bem elevado, mas ainda não e prejudicial ao consumo humano” completou.

O DAE – Departamento de Agua de Porto dos Gaúchos realiza analises diárias da água coletada e encaminhada as residencias.

Fonte: Porto Noticias – Roseno Barros

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here